[Review] Horizon Chase Turbo

A análise a seguir foi feita a partir da versão para Steam (PC).

Horizon Chase saiu originalmente como jogo para sistemas mobile, Android e IOS, em 2015, posteriormente, em 2018, o game foi portado para consoles e PC com o nome Horizon Chase Turbo.

O título, jogo da desenvolvedora brasileira Aquiris Game Studio, é um game de corrida no estilo arcade que remete aos anos 1980 e 1990 em toda a sua essência, do estilo de jogo à trilha sonora, porém com as modernidades que a tecnologia atual pôde ser empregada. O game pode ser jogado por um ou mais jogadores e tem suporte ao recurso Remote Play Together.

Não há história em Horizon Chase Turbo, apenas escolha seu veículo e comece a correr, há diversos modos para o jogador optar, muitos deles apenas são habilitados ao terminar determinados campeonatos, o mesmo vale para o desbloqueio de veículos, que são selecionáveis ao terminar corridas e se consagrar campeão. A campanha principal é chamada World Tour, nela você corre em diversos continentes e em cada uma delas há a possibilidade de você fazer um upgrade no seu veículo, essa melhoria é aplicada a todos os carros disponíveis em seu acervo. Além de chegar em primeiro lugar nas provas, é interessante pegar todas as moedas disponíveis em cada uma das pistas para obter o melhor troféu. Ao final de cada corrida, o jogador pode comparar seu tempo com a de seus amigos, inclusive é possível usar o desempenho deles como carro fantasma.

A campanha Rookie Series é parecida com o World Tour, porém com dificuldade menor e carros diferentes. Esta é uma dlc gratuita, ao contrário da Summer Vibes, porém esta última não chegamos a testar. Na opção Playground o jogador encontra desafios que são divididas por temporadas e são atualizadas de tempos em tempos. No Playground também é possível comparar o seu tempo com o de seus amigos.

A maioria das opções em Horizon Chase Turbo é desbloqueada conforme o gamer for jogando o modo World Tour, é o caso do modo Torneios, onde o jogador terá três categorias para correr: Amador, Profissional e Expert, cada um com diferentes números de provas e dificuldades. O modo Expert é sem dúvida alguma o modo mais difícil do jogo. Há moedas neste modo, entretanto a aplicação delas nos Torneios é diferente, ao se coletar todas as moedas durante a corrida, um nitro extra é habilitado automaticamente, o que pode ajudar bastante o jogador.

No modo Resistência, o jogador terá que passar por diversas corridas aleatórias percorrendo 12, 36 e 109 corridas. Quanto maior o número de pistas, mais tempo se leva para completar, então é bom o jogador se programar para poder enfrentar a maratona de corridas que pode levar horas.

Há mais opções extras que o gamer debloqueia conforme for jogando, o Modo Espelhado serve para uma diversão mais descompromissada. O Modo Retrô, que tornam os gráficos de Horizon Chase Turbo em estilo de computador antigo, inclusive emulando o baixo frame rate, indicado apenas aos mais saudosistas. E o Mundo Dourado, onde o globo que aparece no menu inicial fica com um brilho dourado, sem alterações em relação ao jogo.

Os comandos do carro são bem simples: um botão para acelerar, outro para frear, um para acionar o nitro, e os comandos para movimentar o veículo para esquerda e para direita, podendo o jogador configurar a posição dos botões para a sua maior comodidade. O uso de nitro é limitado e há pistas em que é possível pegar nitros extras.

Graficamente, o título possui uma estética bem interessante, enquanto que os carros possuem gráficos mais realistas, mas não tão quanto jogos de simulação, os demais elementos do cenário possuem formas mais geométricas, o que dá um charme todo especial.

Horizon Chase Turbo possui uma incrível imersão, pois a sensação de velocidade é enorme, mesmo sem um modo em primeira pessoa. Apesar de haver cenários com climas diversos, este detalhe em nada alteram a jogabilidade. O hud é bastante simples, há um mapa que mostra a sua posição e dos demais carros, há um medidor de velocidade, um contador de nitro e um medidor de combustível. O combustível no jogo pode ser reposto ao passar por cima de galões.

Os efeitos sonoros são muito interessantes, pois para cada veículo há um som de motor específico, alguns roncos são bem gostosos de ouvir, inclusive de alguns carros diferentes que são desbloqueados. Em alguns cenários há sons de chuva, de vento, do pneu correndo sobre a terra, grama entre outros terrenos, os desenvolvedores da Aquiris Game Studio tiveram bastante cuidado nesse ponto. A trilha sonora é um dos grandes destaques no game, todas as músicas foram compostas pelo legendário Barry Leitch, compositor de músicas de Top Gear, Lotus Turbo Challenge 2 e Rush. Há diversos elementos que rementem aos clássicos que ele compôs com inserção de sons eletrônicos modernos intercalados a outros retrôs, sem dúvida alguma é uma trilha sonora de respeito.

O jogo em si pode parecer um clone de Top Gear, mas não é. Horizon Chase Turbo é diferente, um dos méritos dele é conseguir ser um game de corrida que agrada do jogador casual que quer apenas se divertir um pouco ao hardcore colecionador de conquistas, aliado a uma jogabilidade viciante e uma trilha sonora incrível, o título consegue ser um game de corrida retrô para todas as gerações.

Horizon Chase Turbo está disponível para PlayStation 4, Nintendo Switch, Xbox One, Microsoft Windows, Linux e Mac OS Classic.

Nota Final: 10/10