[REVIEW] Magic Rampage

Sete anos e mais de dez milhões de downloads depois, o sucesso de mobile Magic Rampage finalmente ganhou uma versão própria para computador. Após entrar para as listas de Top Developers e Editor’s Choice do Google Play, além de disponível também para iOS, o estúdio Asantee Games, sediado em Campo Grande – MS, finalmente respira novos ares e trouxe seu clássico para a Steam. Enfrentando zumbis, esqueletos e grandes chefões com a ocasional ajuda de um NPC, o jogador deverá solucionar os mistérios de diversas masmorras na aventura de plataforma que combina elementos de RPG com gameplay de ação e hack’n’slash.

O jogo original já traz muito mais que o esperado em um jogo de celular: além de customização estética, desde o primeiro momento o jogador já precisa escolher uma entre as 10 classes, pensando quais atributos se encaixam melhor em cada estilo de jogo (dano com espadas, armadura, velocidade de movimento, entre outros), e ao longo da aventura o jogador coleta diferentes armas e armaduras que dão vantagens em determinados ambientes ou obstáculos – uma capa de fogo, por exemplo, torna o jogador imune ao dano causado pelo elemento. É possível trocar de equipamentos durante as masmorras, o que contribui para a adaptação frente a desafios mais exigentes. Falando em exigente, não aceite nada menos que o melhor do Vendedor, que fornecerá as melhores armas, armaduras e runas para garantir uma aventura tranquila!

A versão para PC não decepciona em nada os que já conheciam Magic Rampage: os desenvolvedores revisaram toda a economia do jogo a fim de torná-lo completamente livre das microtransações, um dos fatores que possivelmente mais incomodam em jogos mobile. Assim como o original, a versão adaptada tem suporte a teclado físico e joysticks, mas é notável que o controle do personagem via teclado é muito pouco preciso, o que pode dificultar algumas movimentações. Por ser um jogo de gráficos relativamente simples, Magic Rampage tem bom desempenho tanto no celular quanto no computador, e ainda assim mantém a qualidade estética dos pequenos personagens. Ainda assim, o design fofo pode enganar: nem todas as batalhas serão simples como se pensa ao conhecer o jogo.

Custando apenas R$20,69 na Steam, são vários modos diferentes para explorar: a Campanha, onde sua missão é descobrir o que vem acontecendo para um reino ser tomado por seres malignos, o modo Sobrevivente, que exige muita tática e habilidade para se manter vivo o máximo possível, modo Competitivo, concorrendo por uma vaga no Hall da Fama contra amigos e players do mundo todo, e o Versus Local, onde é possível enfrentar outra pessoa no um-contra-um utilizando dois controles no mesmo computador. Semanalmente ainda uma masmorra misteriosa é desbloqueada, ficando mais difícil à medida que o jogador quebra recordes de tempo ou vence o desafio sem tomar dano.

Magic Rampage é uma bela homenagem à era 16-bits dos videogames, e agora disponível também para aqueles que não são tão fãs de jogatina pelo celular. Os apaixonados por nostalgia com toda certeza podem se ocupar com mais este desafio 2D que há tantos anos vem conquistando cada dia mais jogadores.

Nota Final: 8.5/10

*Análise feita com código cedido pela distribuidora