[REVIEW] Demon Truck

Demon Truck é um jogo para PC lançado no Steam e itch.io em 2016, ele foi desenvolvido pela Triger Mountain e publicado pela Adventurepro Games LLC. Trata-se de um game de ação que visualmente engana muita gente, pois em uma primeira olhada, é bem provável que você pense que se trata de um shmup/shoot ‘em up/nave/navinha, mas é ledo engano.

Não há história no game, controlamos um caminhão que percorre por diversas waves destruindo pedras, carros, motos, escorpiões e demônios até enfrentar um chefe. Para ajudar na sua tarefa, ao final de cada wave você pode escolher entre duas recompensas, que podem ser itens de melhoria e armas, que vão de metralhadoras a canhões que disparam palhaços explosivos.

Graficamente Demon Truck possui uma arte pixelada incrível, cheia de detalhes, mesmo no cenário montanhoso mais simples é muito agradável de ver. A sensação de velocidade é boa, pois consegue transmitir a loucura de se dirigir sem freios, mesmo em 2D, e a música 16-bit de Zircon casa perfeitamente com o clima do jogo, assim como os efeitos sonoros. Os de tiros lembram o PSG de alguns games de SEGA Master System.

Até aqui só elogios, mas todo game que se preze tem que ter uma boa mecânica, aí que o caldo entorna no caso de Demon Truck e compromete toda a experiência. Há apenas dois botões, e nenhum deles você controla o caminhão. Como assim? Explico: o veículo é controlado pela CPU, que dirige porcamente, então basicamente é você, caro jogador, que irá fazer praticamente tudo com dois botões, um para ataque e outro para acelerar.

Tanto o ataque e aceleração são limitados, eles são reabastecidos automaticamente depois de alguns segundos e um enche o outro ao ser utilizado, o ataque enche o combustível e vice-versa. Quando os dois são utilizados juntos não enchem nem um nem outro. Para ajudar, ao destruir inimigos, as almas recolhidas preenchem o medidor de aceleração.

Falando assim até parece que o jogo é interessante, e é, ao menos por algumas horas, porém depois de algumas fases ele se torna extremamente cansativo., No que se refere à obtenção de conquistas, no jogo há uma com bug, trata-se de “Come and Get It”, que consiste em destruir 66 rivais, eles aparecem a partir da 13ª wave e depois aleatoriamente, diferente de outras conquistas, não sabemos quantos dos rivais destruímos, então contei manualmente. Em cada partida conseguia destruir aproximadamente dez rivais, joguei várias vezes e nada da conquista ser liberada, então, certa vez tentei destruir os 66 em uma única jogada, notei que quanto mais se joga, mais os inimigos se tornam resistentes aos seus ataques, chegando ao ponto que alguns mais fortes e maiores de coloração avermelhada possuem a resistência de um chefe de fase, e para destruir um deles são necessários alguns minutos, e algumas waves levaram mais de oito minutos para terminar. Não é incomum passar por várias waves sem enfrentar nenhum rival.

Veredito

Demon Truck é divertido de jogar nas primeiras partidas, porém, depois disso, ficar apertando os botões intercaladamente é um convite para contrair alguma LER. Para o game ficar interessante teria que se mudar toda a sua mecânica. Uma pena, pois visualmente é muito atraente e a trilha sonora é vibrante. Como o jogo não tem um modo história, então fiquei focado nas conquistas e descobrir jogando que uma delas está bugada foi bastante frustrante.