Conheça a fofura e a ação da série Cat Quest

cat quest

Miau! É difícil alguém sair por aí dizendo que não gosta de gatos. Eles são fofinhos, espertos e brincalhões, mas também podem segurar espadas e enfrentar hordas de inimigos para salvar o mundo. Sim! É com uma premissa dessas que o estúdio de Singapura, The Gentlebros, trouxe aos games a série Cat Quest.

Para quem ainda não conhece, há dois jogos lançados da franquia Cat Quest. Ambos seguem uma aventura no gênero RPG de ação, com batalhas em tempo real cheias de combos e estratégia. Seu estilo gráfico é em 2D com uma visão isométrica da jogatina. As cores são um show a parte, trazendo uma arte com cara de desenho animado em todos os seus momentos.

Há muitos elementos de exploração em ambos os títulos. Cada um cria motivos satisfatórios para que o jogador continue buscando os melhores caminhos enquanto enfrenta diversos inimigos. Tudo isso ocorre com uma trilha sonora animada de fundo na qual cada momento acaba sendo intensificado pelas ótimas músicas.

Os mapas nos jogos são interligados, dando uma sensação bacaninha de conexão e realidade. E olha que estamos falando de uma série de jogos em um mundo de gatos humanóides.

Cat Quest

O primeiro jogo foi lançado em 2017 para consoles, celulares e PCs. Sua narrativa coloca o jogador em uma busca para derrotar o vilão Drakoth que sequestrou a sua irmãzinha. O herói passa a viajar pelas terras de Felingard enquanto junta itens e equipamentos para enfrentar uma cruel batalha.

Durante a jogatina, o protagonista entra em masmorras para encarar perigos, realizar combos e juntar o máximo de loot que puder. É claro que há side-quests para variar a aventura. Mesmo que não saia muito do padrão das fetch quests e similares, as missões são curtas e divertidas de serem completadas.

E se você gosta de juntar os melhores equipamentos possíveis para ter a sensação de ser extremamente poderoso, Cat Quest te oferece isso e mais um pouco. Ao utilizar os itens certos, é possível mudar totalmente o estilo ofensivo e defensivo de seu amigo gatuno. Curte realizar ataques distantes com magia ou prefere encarar as hordas de inimigos de frentes com espada e escudo? Tudo isso está disponível para o jogador.

Cat Quest II

Cat Quest II
O mapa em Cat Quest II (Imagem: Divulgação)

A sequência foi lançada em 2019 para consoles e PCs. Muitas das mecânicas do primeiro jogo permaneceram nesta nova empreitada, porém a The Gentlebros afirma que tudo foi altamente melhorado.

A história coloca os gatos de Felingard e as forças do Império de Lupus em uma possível e iminente guerra. Assim, os reis de ambos os reinos precisam se unir para enfrentar essas terríveis ameaças. É a partir daí que o jogador conhecerá os heróis, um cão e um gato, que vão seguir em uma jornada repleta de monstros, inimigos e até mesmo novos amigos.

Cat Quest II trouxe a mesma jogabilidade, mas com adições de armas, equipamentos e itens para os sedentos por aventuras em masmorras. Há até a opção de jogatina cooperativa para quem não está interessado em encarar o mal por conta própria. Essa mistura traz uma evolução natural na franquia.

Uma aventura fofa e viciante

Para fãs de jogos no estilo dungeon crawler, a série Cat Quest da The Gentlebros é uma excelente pedida. Funciona como uma interessante porta de entrada no gênero, sem exigir um conhecimento total no estilo por parte do jogador.

A empolgação de conseguir os melhores equipamentos para o seu herói é viciante e consegue prender o dono do controle por horas e horas. Se você está interessado em partir para o reino de Felingard, não deixe de conferir o game na loja Player Dois, parceira do Indie ON!