Startup Panic oferece a sensação das disputas por mercado

Startup Panic

A publisher tinyBuild lançou no último dia 20 de janeiro em early access a sua mais nova empreitada de jogos indies com foco em simulador. Startup Panic coloca os jogadores comandando uma empresa que tenta crescer em meio ao caos do capitalismo.

A jogatina começa de seu quarto com um computador e um bicho de estimação. A partir daí, o seu objetivo é crescer e encarar outras empresas e presidentes, tudo isso enquanto procura por novas ideias de produtos e serviços que podem ou não ser necessários para o público.

É claro que a concorrência sempre tem o interesse em acabar com o seu negócio, sendo assim, é importante enfrentar as sabotagens corporativas para se garantir no crescimento desejável. O jogador é quem decide qual projeto dar continuidade, qual o tipo de treinamento de seus funcionários e tudo o mais que envolve esse meio.

Desenvolvido pelo estúdio indie Algorocks, Startup Panic traz aquele visual popular em jogos do gênero para celulares. A visão é isométrica, a arte traz pixels e um estilo chibi. A jogabilidade traz elementos simples, mas também oferece uma árvore de habilidades focada em sua empresa. Com ela, é possível direcionar os recursos para férias mais longas ou usar empresas terceiras mais em conta, por exemplo.

Cada decisão afeta direta e indiretamente o caminhar de sua empresa. Desde a contratação de funcionários à pedidos de investimentos e empréstimos. A intenção da Algorocks é a de oferecer um simulador que consegue mesclar realidade com brincadeira, garantindo ações e reações de níveis distintos na jogatina.

Já disponível tanto na loja da Steam quanto da GOG, Startup Panic é um daqueles games que consegue trazer um belo nível de complexidade para quem procura. Se der uma chance, não deixe de nos contar o que achou!

Confira o trailer: